Conheça a diferença entre buracos negros, buracos brancos e buracos de minhoca

Assim como os buracos negros, os buracos de minhoca surgem como soluções válidas para as equações de teoria da relatividade geral, de Albert Einstein. E, assim como os buracos negros, eles nunca Leia mais »

Vamos conversar sobre ciência?

Em seu avanço, a ciência muitas vezes teve de lutar para ser aceita pelas pessoas comuns. Parte do problema acontece porque costumamos ter opiniões sobre o mundo, e em geral gostamos que Leia mais »

Conheça alguns softwares gratuitos de astronomia para você ficar mais perto do universo astronômico

Com o avanço das novas tecnologias todo mundo teve mais possibilidade de se informar sobre o seu assunto favorito, com os apaixonados por astronomia não está sendo diferente. Existem e no mercado Leia mais »

Conheça as 7 maiores descobertas que tiveram ajuda da ciência

1. Estrutura do DNA James Watson e Francis Crick descobriram em 1953 a estrutura do DNA e a partir disso foi possível mapear a herança genética e todos os estudos de genes Leia mais »

Conheça as principais curiosidades sobre os planetas do sistema solar

Os planetas do sistema solar contam com características próprias e complexidades que impressionam até mesmo os menos entusiasmados pela Astronomia. Ao conhecer um pouco mais sobre eles, você pode perceber que existem Leia mais »

O que o vácuo quântico pode te ensinar sobre a realidade

A ciência moderna conta com novas descobertas que ampliaram o horizonte de conhecimento humano ao ponto de mudar a perspectiva de realidade. Muitas teorias da ciência moderna superam a ficção científica e Leia mais »

Saiba mais sobre as estrelas, constelações e nebulosas

Você sabe a diferença entre estrelas e constelações? Deseja conhecer um pouco mais sobre elas e sobre as nebulosas? Então você está no lugar certo. Toda a história da humanidade foi marcada Leia mais »

Você sabe o que é a teoria do tudo? Conheça mais sobre ela!

Quem nunca se preguntou sobre o limite do conhecimento humano, sobre qual é a fronteira da ciência ou o que falta para descobrirmos algo muito importante para a humanidade? Essa resposta certamente Leia mais »

Stonehenge e a Ciência de Mundos Distantes

O Stonehenge é um monumento histórico localizado no sul da Inglaterra. Arqueólogos concordam que sua datação é de cerca de 3.000 anos a.C.  Formado por diversas pedras que chegam a medir cinco Leia mais »

UFO e a Bíblia

Existem muitos relatos de UFO’s e aparições de ET’s por ai. Mas os relatos mais antigos (e esquisitos) se encontram no velho testamento. Muitos dizem que não tem nada a ver, mas Leia mais »

 

Ciúme faz bem?

heartsickness-428103_1280

O ciúme é um dos sentimentos mais controversos que existem. Em pequenas doses, faz bem à saúde do casal. Em doses muito altas, pode ser fatal para o relacionamento.

Em pequenas doses, indica que o relacionamento está vivo. Se você vê sua parceira perto de outros homens desconhecidos e não sente nem uma pontinha de ciúmes, algo está errado. Um pouquinho de ciúme é saudável quando indica que você tem orgulho de estar com a pessoa amada, e tem o medo natural de perdê-la para outra pessoa. Isso fará com que você se empenhe cada vez mais na relação, justamente para que sua parceira veja que você a valoriza e a ama. É uma prova de amor, cuidado, carinho. Faz sair faíscas, quebra a rotina monótona que as vezes se instala.

Em altas doses, porém, pode enfraquecer a relação, já que mostra que não há confiança entre o casal. Quem se sente seguro e autoconfiante não possui motivos para ter ciumes. Há também o grande peso da autoestima neste caso: pessoas com baixa autoestima tendem a pensar que não são o suficiente para seu parceiro – inteligente, simpático ou até mesmo bonito o suficiente – e sentem mais ciúmes, o que pode levar a sentimentos de frustração, raiva e a sérios desentendimentos. Brigar por ciúmes de amizades de seu parceiro também é mau sinal. A famosa imagem da “amiguinha ou amiguinho” que sempre detonam a felicidade alheia nem sempre é verdade. Você e quem você ama têm direito de ter amigos fora da relação, não é preciso sentir ciúme de pessoas que nunca tiveram nenhum envolvimento amoroso com sua parceira.

O pior cenário é quando o ciúme torna-se doença. Sentir-se dono de outra pessoa, impedir que ela fale com outras pessoas – até mesmo com a própria família – persegui-la em todos os lugares e questionar sobre todos as mensagens e e-mails é sinal de que é preciso procurar ajuda especializada, já que este ciúme virou uma patologia violenta e obsessiva.

Dessa forma, tenha em mente que assim como “a diferença entre um remédio e um veneno está só na dosagem”, a diferença entre ciúme e doença está em como você lida com isso frequentemente. Mantenha seu ciúme em doses saudáveis e seja feliz!

 

Top Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.